It’s so Ecological! Poupar o ambiente e o nosso dinheiro #1

its-so-ecological-copo-mestrualQuem é que não gosta de poupar uns trocos? E, já agora, ajudar o ambiente enquanto poupa?

É por isso mesmo que decidi dar início à rubrica “It’s so Ecological!“. E espero pelas tuas sugestões nesta área!

Hoje, vou falar sobre higiene íntima. Mais concretamente, um método ecológico e, claro está, económico, para aqueles dias do mês.

Qual é a tua escolha atualmente? Pensos? Tampões?

Já pensaste no quanto custam e no efeito que têm? Como gastam recursos e matéria prima e enchem as nossas lixeiras de resíduos que demoram anos e anos a se decomporem?

Uma mulher pode menstruar entre 300 a 500 vezes durante toda a sua vida (eu sei, é de pôr os cabelos em pé!). Se, por cada ciclo, usar 20 pensos menstruais, gastará cerca de 5€.

Ora, 5€ (embalagem de 20 unidades) X 400 ciclos = 2000€ no final da vida!

Se usar tampões, e gastar cerca de 18 tampões por ciclo:

4€ (caixa de 18 unidades) X 400 ciclos = 1600€ de gasto nesta categoria!

E como lidar com as embalagens destes produtos? Como aceitar que não podemos fazer nada para parar de encher as nossas lixeiras de forma desnecessária?

A solução? Experimenta um copo menstrual.

its-so-ecological-copo-menstrual-2

Se pesquisares sobre o produto, encontrarás algumas marcas que os produzem em silicone de grau médico macio (é o caso do meu, igual ao da foto acima) e outras que usam Elastómero Termoplástico, o mesmo material das chupetas para os bebés, por exemplo. Ambos são materiais seguros para o teu corpo.

Em termos de duração, de acordo com o uso que lhe for dado, e da forma como for tratado, um copo destes poderá durar entre 5 a 10 anos.

Dependendo da marca que escolheres (há imensas no mercado, hoje em dia) e do local onde o compres, poderá custar-te entre 16 e 30€. O meu é igual ao da imagem acima e foi comprado online, em 2010.

Já não sei dizer o nome da loja, mas creio que o mandei vir do Reino Unido. Na altura, as lojas portuguesas que os comercializavam não os vendiam por menos de 30€. Daquela forma, custou-me cerca de 18€. E, entretanto, já me poupou, pelas minhas contas, mais de 240€ em produtos de higiene íntima.

Acima de tudo, agora sei que faço algo mais para ajudar o ambiente, diminuir a minha pegada ecológica e não poluir.

Após a fase inicial de habituação, que demorou, no meu caso, cerca de dois dias, uma pessoa não quer outra coisa.

Caraterísticas a reter sobre o copo menstrual:

1 – Pode estar dentro do nosso corpo, em segurança, até 12 horas seguidas. O que ele faz é manter o sangue em vácuo, não permitindo que o mesmo oxide e evitando o desenvolvimento de bactérias e/ou fungos. Fica também arredada a hipótese de ocorrer a síndrome do choque tóxico, algo que sempre tememos quando usamos um tampão, por exemplo

2 – O perigo de fugas é diminuto, desde que o copo esteja devidamente colocado. É vendido com instruções de colocação e também podes encontrar imensa informação online sobre o tema. Foi concebido por médicos ginecologistas e feito para se adaptar à anatomia feminina, vedando o canal vaginal. Deixarás também de sentir o odor que normalmente associamos a esta altura do mês.

3 – Imperceptível. A. Todo. O. Momento. JURO! Pensa em todas as ocasiões em que te sentes desconfortável por estares com o período: uma ida à praia, umas calças justas, não ter acesso a uma casa de banho de “confiança” durante várias horas… Podes usá-lo em qualquer altura, sem receios.

4 – Deixas de perder tempo (e dinheiro, claro) a comprar absorventes femininos. “Com abas ou sem abas? Como é que se usa um tampão com aplicador? Só preciso de dois tampões e tenho de comprar uma caixa de 20?!” Com o copo, isto acabou!

5- Sentes que passas o tempo preocupada, não é? “Já são horas de mudar o tampão? Será que me sujei? Tenho a certeza que as outras pessoas notam que estou a usar isto!” Finito! De manhã, tiro o copo, lavo-o e volto a colocá-lo. Antes de me deitar, repito o processo. Preocupações? Reduzidas quase em 100%.

6- “Ah e tal mas eu tenho imenso fluxo.” Talvez isso faça com que tenhas de ver o copo uma vez por dia mais, à hora de almoço, por exemplo. E estás preocupada com tamanhos? Da pesquisa que fiz, a maior parte das marcas tem dois: um para mulheres com menos de 30 anos e que nunca deram à luz por parto vaginal e outro para mulheres com mais de trinta anos, ou que já tenham tido um parto vaginal, que é o meu caso. Há inclusivamente marcas com 4 tamanhos disponíveis. Em todos estes anos de uso, o copo foi sempre mais do que suficiente para as minhas necessidades.

7- Então, e a limpeza do “bichinho”? Água e sabão é o que basta. Se quiseres, poderás esterilizá-lo (este é um passo que deves cumprir antes da primeira utilização), mas não há obrigatoriedade de o fazer todos os meses.

Então, ainda indecisa? O que precisas de saber antes de avançar para este método? Deixa as tuas dúvidas nos comentários.

Ah, e se já usas, conta-me qual a maior vantagem do copo para ti.

Share

2 thoughts on “It’s so Ecological! Poupar o ambiente e o nosso dinheiro #1

  1. Olá!!! Já uso copo menstrual há 7 anos e aconselho vivamente. Na altura, trabalhava com atividades ao ar livre e foi a melhor solução para estar descansada durante 12 horas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *