Como gerir o orçamento familiar: Registar os rendimentos e as despesas

coins-912718_1920

Saber quanto dinheiro tens para gastar, e no que é que vais gastá-lo, é fundamental para a boa gestão do orçamento disponível. Não é agradável a sensação de que não se consegue fazer face aos custos que se tem, como também não é agradável não saber o que poderá acontecer se surgirem despesas inesperadas.

A gestão de um orçamento passa por registar, de um lado, o rendimento disponível, e, do outro, as despesas esperadas. A periodicidade deverá estar de acordo com o que faça mais sentido para cada um, mas eu recomendo que seja mensal.

Registar rendimento e gastos é algo que comecei a fazer há muitos anos: fazia-o nos tempos de faculdade, quando tinha apenas uma mesada para fazer face às despesas de estudante, e fi-lo também quando constituí família e passaram a existir responsabilidades ainda maiores, como, por exemplo, um empréstimo bancário.

No entanto, e porque, felizmente, as despesas sempre estiveram controladas, esta foi uma área que rapidamente abandonei quando o tempo começou a escassear após o nascimento do meu filho. Contudo, decidimos, o meu marido e eu, retomar o registo a partir deste novo ano, para podermos ter uma melhor noção de como está a nossa “balança”.

Como é que faço o registo? Nos tempos de faculdade, quando o acesso a meios eletrónicos era escasso, fazia-o com papel e lápis. Depois passei a usar o Excel para o efeito.

Tinha uma folha que era bastante prática, que decidi melhorar um pouco (embelezar, é mais o termo…) e que partilho hoje contigo: aqui.

Podes registar as tuas fontes de rendimento disponíveis para o período em análise e prever quais serão os teus custos. Depois, dia a dia, regista os teus custos reais. No final do mês saberás quanto ganhas, quanto gastas e qual o teu saldo.

Se este for positivo, estás de parabéns. Podes poupar esse montante, ou investi-lo da melhor forma: um depósito bancário, um investimento de baixo risco, uma prenda bem merecida para ti, por que não?

Se o teu saldo, infelizmente, for negativo, é o momento de avaliar as tuas despesas e ver o que podes, e deves, eliminar para que “não te sobre mês no fim do dinheiro”. Será a televisão por cabo? Serão as refeições fora de casa? Há, com toda a certeza, pequenos ajustes que poderás fazer na forma como gastas o teu dinheiro que terão implicações positivas na gestão do teu dinheiro. Fazer um orçamento é de importância primordial.

Verás que neste excel existe uma folha para registar despesas de acordo com os dias do mês. Isto é facultativo, mas pode ser útil na análise de alguns tipos de despesas, como as de alimentação, que aí destaco. Mas o importante é adaptares o ficheiro à tua realidade e às tuas necessidades.

Gostaria de saber o que achas desta ideia, se a implementaste, por exemplo, e quais as tuas dicas nesta área. Obrigada pelos teus comentários.

Share

2 thoughts on “Como gerir o orçamento familiar: Registar os rendimentos e as despesas

  1. Olá Mafalda,
    Em 2017 decidi controlar o orçamento mensal, porque considero importante saber onde gastamos e desperdiçamos dinheiro e de todos os ficheiros Excel que analisei, o teu parece ser o mais completo e fácil de usar.
    Obrigado pelo trabalho em desenvolve-lo e em partilha-lo sem qualquer restrição.

    1. Olá Manuel.
      Essa foi uma excelente decisão. Parabéns! Gerir bem o orçamento é mesmo muito importante.
      Fico contente por o meu excel ser útil.
      Tudo de bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *