Esperar pelas Festas…

O melhor da festa e esperar por elaHá um ditado que diz:

O melhor da festa é esperar por ela!

Fazemos planos, seguimos listas, antecipamos o que pode acontecer, sobre o que vamos falar, o que os outros vão pensar, ou sentir, o quão divertida determinada situação pode ser, ou o quão stressante uma outra será. Fazemos filmes na nossa cabeça e ansiamos, ó se ansiamos, pela chegada do grande dia.

Depois, quando o momento tão aguardado finalmente se apresenta, passa tão rápido, que nos fica a sensação de que não o conseguimos aproveitar como deve ser…

No fim, quando paramos para pensar no que aconteceu, comparamos o que esperávamos com o que verdadeiramente se passou, vemos as diferenças e é provável que o que correu melhor que o esperado nos alegre e que o que não correu bem fique no nosso rol de lamentações.

É mesmo assim. Faz parte da vida.

E as Festas que aí vêm não são excepção.

Como diminuir a angústia da espera? Dou-te 3 estratégias:

1 – Adequa melhor as tuas expectativas e deixa-te surpreender.

Nem sempre é fácil, mas evita afligir-te excessivamente com o que achas que pode vir a correr mal, ou esperar que uma determinada situação corra às mil maravilhas. Isso pode implicar que tenhas de baixar as tuas expectativas.

Abraça o fator surpresa.

Concentra-te mais no que tens para fazer em cada momento e menos nos potenciais desfechos. Muitos deles nunca se irão verificar!

Mark Twain disse:

Tive várias preocupações na minha vida, a maioria das quais nunca aconteceu.

2 – Dá tudo o que tens, com sinceridade.

Muitas vezes damos por nós  a “fazer das tripas coração”, como o povo tão bem lhe chama. Ter sempre a disposição certa para encarar o que temos pela frente não é simples. Mas, em nome dos sentimentos que tens pelos que te rodeiam, dá-te com sinceridade e com compaixão.

Este é o detalhe que faz toda a diferença para a nossa alma: estás apenas a fazer o melhor que sabes e isso é precioso!

3 – A respiração é a chave.

Se lidar com uma situação estiver a ser particularmente difícil, respira fundo as vezes que forem precisas para que consigas encontrar dentro de ti a calma necessária. Leva a mão ao coração como forma de te ligares ao que verdadeiramente importa para ti.

Liberta-te dos sentimentos negativos. A vida é demasiado curta para travar lutas desnecessárias.

Deixa-te levar pelo momento. Sorri um pouco mais e preocupa-te um pouco menos. Já sabes que no fim tudo vai correr bem!

Vive este Natal com intensidade, mas sem angústias.

Dá-te aos que amas, no entanto não te esqueças de reservar algum tempo para ti, para que consigas recarregar energias.

Às vezes bastam apenas uns minutos a ver o mundo passar através da janela, ou o tempo de preparação de uma chávena de chá, para que consigas mudar o teu estado de espírito.

Desejo-te um Natal tremendamente feliz, com momentos muito simples, mas plenos de significado. Espero que consigas encher a tua alma e o teu coração de recordações valiosas, daquelas que nos acompanham pela vida fora.

Um santo Natal para ti e para os teus.