Roupeiros cápsula: vem construir o teu!

roupeiro-capsula-3-construindo-um-roupeiro-capsula

Quando comecei a ler sobre simplificação e minimalismo, decidi destralhar a casa. Uma das primeiras áreas que ataquei foi o meu roupeiro: perdi a conta aos sacos que, desde essa altura, já doei, dei ou enviei para a reciclagem.

Ainda que tentasse não acumular em demasia, nem fosse uma fanática das últimas tendências da moda, havia bastante para remover:

1 – Roupas em estado (quase) novo: peças compradas por parecerem um grande negócio, mas que, depois de analisadas, não eram assim tão do meu agrado. Porém, devolvê-las parecia dar demasiado trabalho. Acabavam por ficar na categoria do “pode ser que um dia…”

2 – Calças e blusas adquiridas na esperança de que ia perder peso em breve. Não aconteceu… Já agora, este é um péssimo motivo para comprar seja o que for!

3 – Itens repetidos: se gosto tanto de calças castanhas, por que não ter 4 pares dessa mesma cor? Que fazer? Cresci com a mentalidade de que mais é sempre melhor. Só que não é…

4 – Peças suplentes: se o casaco de inverno se sujar, é melhor ter outros 3 no armário para o substituir, não é? E a variedade? Não quero que as outras pessoas pensem que estou sempre a vestir a mesma roupa… Segredo exclusivo: ninguém quer saber!

5 – Acessórios, acessórios, acessórios! Malas e mais malas, fios, pulseiras, anéis, brincos, lenços, cachecóis e sapatos suficientes para adornar uma cidade inteira! O que é que estou realmente a tentar esconder por debaixo de tudo isto?

roupeiro-capsula-3-construindo-um-roupeiro-capsula_interior

Esta purga fez com o roupeiro começasse a ganhar outros contornos: podia finalmente ver o que lá estava dentro e o que gostava e realmente queria usar.

Acima de tudo, a minha mente ganhou espaço adicional, um benefício que eu não esperava, mas que adoro! Com fim das preocupações com a roupa, passei a poder concentrar-me noutras áreas da minha vida.

Tinha menos roupa para cuidar, sabia sempre o que vestir e ir às compras deixou de ser um passatempo. “Aproveitar os saldos” e “caçar boas oportunidades” já não era um divertimento! E o dinheiro que comecei a poupar pôde finalmente ser bem empregue!

Se estás rendida às evidências, começa já a construir o teu roupeiro cápsula: descarrega aqui a ficha que criei para esse efeito. Queres saber mais sobre o meu roupeiro cápsula? Lê este e este post.

Lembra-te, estamos agora a começar uma outra estação: este é o momento ideal para rever o teu guarda-roupa e começar uma nova fase na tua vida, com menos confusão no armário, mais desapego e mais espaço. Físico e mental!

E se queres dicas super úteis e especiais para lidar com o teu roupeiro, descarrega o guia Destralhar sem Dramas.

À tua e a um guarda-roupa mais simples!

Como está a correr a experiência de criar um roupeiro cápsula? Que peças estão a apresentar os maiores desafios? E o que é que foi mais fácil de remover? Conta-me tudo!